segunda-feira


Robô programado para amar tem ataque obsessivo

Seg, 09 Mar - 10h51

Máquina abraçava sua vítima repetidamente, enquanto se declarava com sons estranhos

Por Stella Dauer

Um robô programado para simular emoções humanas agiu fora do normal após passar um dia com uma pesquisadora e tentar evitar que ela fosse embora, bloqueando a porta de passagem e exigindo abraços.

Kenji, um robô da Robotic Akimu, empresa ligada à Toshiba, foi programado para emular todo tipo de emoção humana, inclusive o amor. Após uma assistente de pesquisa passar vários dias com o robô para estudar seu comportamento e instalar novas rotinas de aplicativos, este acabou perdendo o controle de si. Em um desses dias, quando a mulher tentou ir embora, se surpreendeu ao encontrar Kenji na porta que dava passagem para a saída. Além de se recusar a desbloquear a passagem, o robô começou a abraçar a assistente de pesquisa repetidamente.

A mulher só pode sair após pedir socorro por telefone a outros membros da equipe que estavam fora da sala. Eles conseguiram desligar o robô pelas suas costas e só então o sufoco passou. O site CrunchGear relata que, além dos abraços, Kenji expressava seu amor pela vítima com barulhos animalescos.

De acordo com o site Geekologie o Dr. Takahashi, um dos pesquisadores envolvidos no projeto, anunciou que Kenji deve ser desligado permanentemente, mas é otimista ao declarar que espera produzir outro robô que tenha sucesso aonde este falhou. “Esse foi apenas um pequeno contratempo. Tenho plena fé que um diz viveremos lado a lado com eles, e que até possamos amar e ser amados por robôs”, disse.

www.geek.com.br

Comentário

O amor é um dom de Deus. Se Deus quisesse que todos nós fôssemos programados para amar, Ele já teria feito. A Blíblia diz; "Que três coisas permanecem para sempre; a fé, a esperança e o amor; e o maior de todos estes dons é o amor". E também diz que Deus é amor. Quem não ama não conhece a Deus, porque Ele é o próprio amor. Este sentimento é incopiável por alguém. Não acredito nunca que uma máquina poderia amar, amor como de um ser humano. Jamais!

É impossível uma máquina compreender as razões deste sentimento pelo qual Deus estabeleceu pelo seu poder.


terça-feira





As estrelas não duram para sempre. Embora não sejam seres vivos, cada uma tem um ciclo que vai do seu nascimento, envolta numa nuvem de gás como um recém-nascido ainda molhado pela placenta da mãe; passa pela maturidade, que na Astronomia recebe o nome de “seqüência principal”, e por fim chega à morte, a extinção de seu brilho.Cada estrela tem um ciclo parecido, mas a duração e o modo como morrem pode variar bastante (assim como os seres vivos!). Diz-se que uma entre cada cem estrelas que chegam ao seu último momento de existência faz de seu “canto de cisne” um evento formidável. Elas explodem violentamente difundindo de uma só vez energia equivalente a um bilhão de sóis e se fazem notar entre as estrelas de toda a galáxia. São as supernovas.
Espaçonave hipotética se aproxima de um buraco negro. ©Nasa/HEASARC.
Após a explosão das supernovas de grande massa, pensa-se que o núcleo da estrela original seria capaz de se contrair, sob ação da força de gravidade, até se transformar num buraco negro.No interior de um buraco negro a concentração de matéria é tão grande que nada pode escapar. Nem mesmo a luz (daí porque é chamado “negro”) que é um tipo de radiação, formada por partículas chamadas fótons.Os buracos negros são uma das mais importantes descobertas científicas de todo o século XX. Em seu interior as leis que regem o Universo parecem desmoronar-se, junto com nossos conceitos sobre tempo e espaço. O inexplicável, o desconhecido reside nas entranhas desse monstro, capaz de alimentar-se de outras estrelas e, para alguns, acabar por engolir todo o Universo.


Pão diário


Terça-feira
3 de Março
TOMA POSSE
Leitura: 1 Timóteo 6:11-16
Combate o bom combate da fé.
Toma posse da vida eterna. -- 1 Timóteo 6:12
O Senhor dos Anéis, um clássico escrito por Tolkien, é uma trilogia filmada nos últimos anos. Na segunda história desta epopéia, o herói -- Frodo -- chegou ao desespero e cansaço e confidenciou a seu amigo: "Eu não posso fazer isso, Sam". Como bom amigo, Sam fez um emocionante discurso: "É como nas grandes histórias... cheias de escuridão e perigo... Os personagens dessas histórias tinham muitas chances de voltar atrás, mas não retornavam. Continuavam em frente. Porque se agarravam a algo". O que motivou Frodo a perguntar: "A que estamos nos agarrando, Sam?"É uma pergunta cheia de significado, uma pergunta que devemos nos fazer. Vivendo neste mundo destruído e despedaçado, não é de admirar que algumas vezes nos sintamos sobrecarregados pelos poderes das trevas. Quando estamos prestes a desesperar e a desistir, é melhor seguir o conselho de Paulo a Timóteo: "Combate o bom combate da fé. Toma posse [agarra] da vida eterna" (1 Timóteo 6:12).Nas batalhas da vida, vamos crer que no final, a boa vontade triunfará sobre o mal e que um dia veremos nosso Mestre e Líder face a face e com Ele reinaremos para sempre. Você pode fazer parte desta grande história, sabendo que se você confiou em Jesus para obter a salvação você tem a garantia de um final vitorioso! -- JMS
AS PROVAÇÕES DA TERRA SÃO PEQUENAS
COMPARADAS COM OS TRIUNFOS DO CÉU.

"NOSSO PÃO DIÁRIO" é uma tradução de "OUR DAILY BREAD" Copyright 2008 RBC Ministries, Grand Rapids,Ml 49555.


Arqueologia



O Conselho Supremo de Antigüidades do Egito divulgou nesta terça-feira fotografias de um sarcófago calcário decorado com hieróglifos encontrados por uma expedição japonesa em Saqqara, no noroeste do Egito. As informações são da agência Efe.
A equipe do Instituto de Egiptologia da Universidade de Waseda localizou a antigüidade dentro de um local destinado a serviços funerários na época da 18ª dinastia faraônica, período ocorrido de 1.315 a 1569 a.C.. O sarcófago encontrado pertenceu à nobre Ísis, filha do príncipe Setna Kha-em-ust.
Setna Kha-em-ust foi filho de Ramsés II, um dos mais influentes faraós. Ísis, sua neta, cujo sarcófago foi achado pelos pesquisadores durante trabalhos de escavação, era uma jovem conhecida pela beleza e apuro visual.
A nobre ficou conhecida na história das dinastias faraônicas pelo seu senso estético exigente e inovador, pela adoração às jóias que usava e pelas vestimentas diferentes que criava.
Sarcófago que pertenceu à nobre Ísis, neta de Ramsés II, um dos mais importantes faraós, foi encontrado no Egito
Redação Terra

segunda-feira

Nosso pão diário


Segunda-feira
2 de Março
ENCONTRANDO NOSSO CHAMADO
Leitura:Efésios 4:1-16
Rogo-vos, pois, eu, o prisioneiro no Senhor, que andeis de
modo digno da vocação a que fostes chamados. -- Efésios 4:1
Quando procuramos seguir a Cristo, uma das lutas contínuas é tentar saber para que fomos chamados. Embora muitas vezes pensemos em termos de profissão e local, talvez a questão de maior importância seja a do caráter: o ser que reforça o fazer. "Senhor, quem Tu queres que eu seja?"Em Efésios 4, Paulo escreveu: "Rogo-vos, pois, eu, o prisioneiro no Senhor, que andeis de modo digno da vocação a que fostes chamados" (v.1). Ele prosseguiu e acrescentou três fatos: seja humilde, seja manso, seja paciente (longânimo), "suportando-vos uns aos outros em amor" (v.2). Paulo escreveu estas palavras na prisão, um lugar difícil onde continuou a vivenciar seu chamado vindo de Deus.Oswald Chambers disse: "Consagração não é ceder ao chamado para viver por Deus, mas, afastar de outros chamados, e a renúncia do nosso eu, para Deus, deixando que a Sua providência nos coloque onde Ele quer: em negócios ou advocacia, ou ciência; em fábricas, em política ou em algum trabalho enfadonho. Nós devemos trabalhar conforme as leis e valores do Reino de Deus."Quando somos pessoas corretas diante de Deus, podemos fazer qualquer tarefa que Ele nos dê e onde quer que nos coloque. E ao fazê-lo, descobrimos e confirmamos o Seu chamado. -- DCM
O MAIS IMPORTANTE NÃO É O QUE VOCÊ FAZ, MAS QUEM VOCÊ É.


"NOSSO PÃO DIÁRIO" é uma tradução de "OUR DAILY BREAD" Copyright 2008 RBC Ministries, Grand Rapids,Ml 49555.

quinta-feira

Arqueólogos japoneses descobriram quatro sarcófagos antropomórficos de madeira - com cerca de 3,3 mil anos - dentro de uma tumba na necrópole de Saqqara, a 25 km do Cairo, divulgou o Conselho Supremo de Antiguidades em comunicado nesta quinta-feira. A equipe de pesquisadores da Universidade de Waseda, em Tóquio, também encontrou no local outras peças de madeira que marcavam o processo de passagem do morto para a outra vida. As informações são da Reuters.
O túmulo abrigava três jarros de madeira, utilizados pelos egípcios para tentar preservar os órgãos internos do morto, e quatro caixas com figuras ushabti - estátuas em miniatura de criados para servir a pessoa na vida pós-morte. Já os sarcófagos não continham múmias porque o túmulo foi assaltado em tempos antigos, mas ainda possuia a pintura original em preto e amarelo com as figuras de deuses egípcios, explicou o comunicado.
Uma das caixas ushabti está em excelente estado, mas a maioria das 38 figuras de madeira em seu interior estão quebradas. Segundo o Conselho Supremo de Antiguidades, pertencia a um homem chamado Tut Bashu, que era proprietário original de um dos caixões. Outro dos sarcófagos pertencia a alguém com o nome de Ari Saraa.
O comunicado do órgão nacional não deu mais detalhes sobre os mortos, mas informou que os enterros datam da dinastia Ramesside, entre 1,3 mil e 330 d.C..
A necrópole de Saqqara - espécie de cemitério dos primeiros faraós egípcios construído para a antiga cidade de Memphis - continua sendo uma das fontes arqueológicas mais ricas do Egito e, segundo os arqueólogos, ainda esconde muitos mistérios debaixo da areia. A área arqueológica tem mais de 7 km².
Redação Terra

sexta-feira

Sois templo do Espírito Santo



SOIS O TEMPLO DO ESPÍRITO SANTO...
I Coríntios 3:10

Que privilégio ser templo do Espírito Santo! Que bênção ser morada do Único Deus que não habita em templos feitos pelas mãos dos homens!...
Por graça de Deus fomos feitos morada do Deus Altíssimo!
O que é que temos trazido para o templo do Senhor? Não podemos esquecer que os nossos corpos são membros de Cristo e não os podemos conspurcar com prostituições, feitiçarias, idolatrias, devassidões, etc.. Não podemos trazer para o templo do Senhor o pecado e seus derivados.
O templo do Senhor é lugar sagrado e consagrado para as coisas do Senhor!
Vigiai sobre o vosso corpo e cada um de vós saiba possuir o seu "vaso" em santificação e honra, não na paixão de concupiscências como os gentios, que não conhecem a Deus, mas na santa vontade de Deus, abstendo-vos de tudo o que é do mal, até mesmo das suas aparências (I Tessalonic enses 4:3-7; 5:22)
Sêde santos porque tendes um Deus que é Santo e que zela pela santidade e pureza dos seus.
Publicado por archote às 10:30
Sexta-feira, 4 de Maio de 2007

Sexta-feira
20 de fevereiro
MORRENDO PELA JUSTIÇA
Leitura:
Deuteronómio 24:14-22
Lembrar-te-ás de que foste escravo no Egito e de que o Senhor te livrou dali. -- Deuteronómio 24:18
Quando o pastor presbiteriano Elijah Lovejoy (1802-1837) deixou o púlpito, regressou ao mundo da imprensa, a fim de alcançar mais pessoas para Cristo. Depois de ser testemunha de um linchamento, Lovejoy propôs-se a lutar contra a injustiça da escravidão. A sua vida foi ameaçada por multidões cheias de ódio, mas isto não o fez parar: "Se um acordo significa que devo parar com meus deveres, não posso fazê-lo. Eu temo a Deus mais do que os homens. Se quiserem podem acabar comigo, mas eu devo morrer cumprindo meu dever." Quatro dias depois destas palavras, ele foi morto nas mãos de outra multidão furiosa.A preocupação pela justiça a favor dos oprimidos é evidente em toda a Escritura. Foi especialmente óbvia quando Deus estabeleceu as normas para a aliança com Seu povo, depois que foram libertos da escravidão do Egito (Deuteronómio 24:18-22). Moisés enfatizou a preocupação pelos menos privilegiados (Êxodo 22:22-27; 23:6-9; Levítico 19:9-10). Repetidas vezes, os israelitas foram lembrados que haviam sido escravos no Egito e que deveriam lidar de forma justa com os menos privilegiados na sua comunidade. Deviam amar os estrangeiros porque Deus os ama, e os próprios israelitas haviam sido estrangeiros no Egito (Êxodo 23:9; Levítico 19:34; Deuteronómio 10:17-19).Deus deseja que Seu povo afirme o valor supremo de cada indivíduo, lutando contra a injustiça. -- MLW
ALIAR-SE A JUSTIÇA SIGNIFICA LUTAR CONTRA A INJUSTIÇA.



"NOSSO PÃO DIÁRIO" é uma tradução de "OUR DAILY BREAD" Copyright 2008 RBC Ministries, Grand Rapids,Ml 49555.

terça-feira

A menor Bíblia do mundo




A menor Bíblia do mundo
Cientistas israelenses imprimiram todos os textos da Bíblia Judaica em um espaço que é a metade de um grão de açúcar!
Especialistas em nanotecnologia do instituro Technion em Haifa disseram que o texto mede menos que 0,5 milímetros quadrados.
Eles escolheram a Bíblia para mostrar a quantidade de texto que é possível armazenar nesse espaço mínimo. Em um pequeno pedaço de silicone foi impresso 300.000 palavras em apenas uma hora.
O texto microscópico foi criado com o bombardeamento de ions de gallium (não sei o que é isso) mas o efeito são os textos escritos nesse “papel” que só pode ser visto no microscópio.
A pesquisa tem o intuito de fornecer formas de armazenamento de informação em biomoléculas
A menor Bíblia do mundo, antes dessa é claro, media 2,8 por 3,4 centímetros de acordo com o Guines Book.

Pão diário

Terça-feira17 de fevereiro
TALVEZ HOJE
Leitura:Mateus 24:36-46
Por isso, ficai também vós apercebidos; porque, à hora em que não cuidais, o Filho do Homem virá.
-- Mateus 24:44
Há um ano atrás, li um artigo dizendo que milhões de aparelhos de TV nos E.U.A. deixariam de funcionar hoje, se não pudessem receber os sinais digitais. As notícias apareceram em lojas de aparelhos electrónicos e o governo até ofereceu um cupom de desconto no valor de 40 dólares para a compra de um conversor.Duvido que a maioria das pessoas assegurou-se de que sua TV funcionaria, quando a ligassem no dia de hoje. Geralmente respondemos bem às advertências com datas específicas, mas muitas vezes falhamos ao nos preparar para um evento que acontecerá "algum dia".Quando os discípulos perguntaram a Jesus sobre a data da sua volta (Mateus 24:3), Ele lhes disse que somente Deus, o Pai a conhecia: "Mas a respeito daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão o Pai" (v.36). Então os advertiu para que estivessem preparados e não fossem surpreendidos. "Por isso, ficai também vós apercebidos; porque, à hora em que não cuidais, o Filho do Homem virá" (v.44).Nós não sabemos quando Jesus voltará; Ele pode voltar a qualquer hora. O Dr. M R De Haan, fundador de Ministérios RBC, manteve um lema com duas palavras em seu escritório: "Talvez Hoje". Ao fazermos nossos planos diários, estamos cientes que Cristo pode voltar? Estamos preparados para encontrá-lo? -- DCM
SE CRISTO VOLTAR HOJE, VOCÊ ESTÁ PREPARADO PARA ENCONTRÁ-LO?
Que Deus vos abençoe.

segunda-feira

Davi vence Golias

Davi vence a Golias - 1SM 17.1-51
Os filisteus se reuniram para lutar em Socó, uma cidade de Judá. Acamparam num lugar chamado “Fronteira Sangrenta”, entre Socó e Azeca. Saul e os israelitas se juntaram, acamparam no vale do Carvalho e se prepararam para lutar contra os filisteus.Os filisteus pararam no monte que ficava de um lado do vale, e os israelitas ficaram no monte do outro lado.Um homem chamado Golias, da cidade de Gate, saiu do acampamento filisteu para desafiar os israelitas. Ele tinha quase três metros de altura e usava um capacete de bronze e uma armadura também de bronze, que pesava uns sessenta quilos.As pernas estavam protegidas por caneleiras de bronze, e ele carregava nos ombros um dardo, também de bronze.A lança dele era enorme, muito grossa e pesada; a ponta era de ferro e pesava mais ou menos sete quilos. Na frente dele ia um soldado carregando o seu escudo. Golias veio, parou e gritou para os israelitas: —Por que é que vocês estão aí, em posição de combate? Eu sou filisteu, e vocês são escravos de Saul! Escolham um dos seus homens para lutar comigo.Se ele vencer e me matar, nós seremos escravos de vocês; mas, se eu vencer e matá-lo, vocês serão nossos escravos.Eu desafio agora o exército israelita. Mandem alguém para lutar comigo!Quando Saul e os seus soldados ouviram isso, ficaram apavorados.Davi era filho de Jessé, do povoado de Efrata, que ficava perto de Belém de Judá. Jessé tinha oito filhos. No tempo em que Saul era rei, Jessé já estava bem idoso.Os seus três filhos mais velhos tinham ido com Saul para a guerra. O primeiro se chamava Eliabe, o segundo, Abinadabe, e o terceiro, Siméia.Davi era o filho mais novo. Enquanto os seus três irmãos mais velhos ficavam com Saul, Davi ia ao acampamento de Saul e voltava a Belém para tomar conta das ovelhas do seu pai.Durante quarenta dias Golias desafiou os israelitas todas as manhãs e todas as tardes.Um dia Jessé disse a Davi: —Pegue dez quilos de trigo torrado e estes dez pães e vá depressa levar para os seus irmãos no acampamento.Leve também estes dez queijos ao comandante. Veja como os seus irmãos estão passando e traga uma prova de que você os viu e de que eles estão bem.Os seus irmãos, o rei Saul e todos os outros soldados israelitas estão no vale do Carvalho, lutando contra os filisteus.Na manhã seguinte Davi se levantou cedo, deixou alguém encarregado das ovelhas, pegou os mantimentos e foi, como Jessé havia mandado. Ele chegou ao acampamento justamente na hora em que os israelitas, soltando o seu grito de guerra, estavam saindo a fim de se alinhar para a batalha.O exército dos filisteus e o exército dos israelitas tomaram posição de combate, um de frente para o outro.Davi deixou as coisas com o oficial encarregado da bagagem e correu para a frente de batalha. Chegou perto dos seus irmãos e perguntou se estavam bem.Enquanto Davi estava falando com eles, Golias avançou e desafiou os israelitas, como já havia feito antes. E Davi escutou.Quando os israelitas viram Golias, fugiram apavorados.Eles diziam: —Olhem para ele! Escutem o seu desafio! Quem matar esse filisteu receberá uma grande recompensa: o rei lhe dará muitas riquezas, lhe dará sua filha em casamento, e a família do seu pai nunca mais vai ter de pagar nenhum imposto.Então Davi perguntou aos soldados que estavam perto dele: —O que ganhará o homem que matar esse filisteu e livrar Israel desta vergonha? Afinal de contas, quem é esse filisteu pagão para desafiar o exército do Deus vivo?Aí eles lhe contaram o que ganharia quem matasse Golias.Eliabe, o irmão mais velho de Davi, ouviu-o conversando com os soldados. Então ficou zangado e disse: —O que é que você está fazendo aqui? Quem é que está tomando conta das suas ovelhas no deserto? Seu convencido! Você veio aqui só para ver a batalha!—O que foi que eu fiz agora? —perguntou Davi. —Será que não posso nem fazer uma pergunta?Então Davi fez a mesma pergunta a outro soldado. E ouviu a mesma resposta.Alguns soldados ouviram o que Davi tinha dito e contaram a Saul. Então ele mandou chamar Davi.Davi chegou e disse a Saul: —Meu senhor, ninguém deve ficar com medo desse filisteu! Eu vou lutar contra ele.Mas Saul respondeu: —Você não pode lutar contra esse filisteu. Você não passa de um rapazinho, e ele tem sido soldado a vida inteira!—Meu senhor, —disse Davi—eu tomo conta das ovelhas do meu pai. Quando um leão ou um urso carrega uma ovelha, eu vou atrás dele, ataco e tomo a ovelha. Se o leão ou o urso me ataca, eu o agarro pelo pescoço e o golpeio até matá-lo.Tenho matado leões e ursos e vou fazer o mesmo com esse filisteu pagão, que desafiou o exército do Deus vivo.O SENHOR Deus me salvou dos leões e dos ursos e me salvará também desse filisteu. —Pois bem! —respondeu Saul. —Vá, e que o SENHOR Deus esteja com você! Então deu a sua própria armadura para Davi usar. Pôs um capacete de bronze na cabeça dele e lhe deu uma couraça para vestir.Davi prendeu a espada de Saul num cinto sobre a armadura e tentou andar. Mas não conseguiu porque não estava acostumado a usar essas coisas. Aí disse a Saul: —Não consigo andar com tudo isto, pois não estou acostumado. Então Davi tirou tudo.Pegou o seu bastão, escolheu cinco pedras lisas no ribeirão e pôs na sua sacola. Pegou também a sua funda e saiu para enfrentar Golias.Golias, o filisteu, começou a caminhar na direção de Davi. O ajudante que carregava as suas armas ia na frente. Quando chegou perto de Davi,Golias olhou bem para ele e começou a caçoar porque Davi não passava de um rapaz bonito e de boa aparência.Aí disse a Davi: —Para que é esse bastão? Você pensa que eu sou algum cachorro? Em seguida rogou a maldição dos seus deuses sobre Davi e o desafiou, dizendo: —Venha, que eu darei o seu corpo para as aves e os animais comerem.Davi respondeu: —Você vem contra mim com espada, lança e dardo. Mas eu vou contra você em nome do SENHOR Todo-Poderoso, o Deus dos exércitos israelitas, que você desafiou.Hoje mesmo o SENHOR Deus entregará você nas minhas mãos; eu o vencerei e cortarei a sua cabeça. E darei os corpos dos soldados filisteus para as aves e os animais comerem. Então o mundo inteiro saberá que o povo de Israel tem um Deus, e todos aqui verão que ele não precisa de espadas ou de lanças para salvar o seu povo. Ele é vitorioso na batalha e entregará todos vocês nas nossas mãos.Então Golias começou novamente a caminhar na direção de Davi, e Davi correu rápido na direção da linha de batalha dos filisteus, para lutar contra ele.Enfiou a mão na sua sacola, pegou uma pedra e com a funda a atirou em Golias. A pedra entrou na testa de Golias, e ele caiu de cara no chão. Então Davi correu, ficou de pé sobre Golias, tirou a espada dele da bainha e o matou, cortando com ela a cabeça dele. E assim Davi venceu Golias e o matou apenas com uma pedra. Quando os filisteus viram que o seu herói estava morto, fugiram.

O cuidado de Deus

Uma reflexão sobre o cuidado que Deus tem com as nossas vidas, veja é muito bom.

Jesus te ama meu irmão, e muito. Mais doque você imagina.

O que é o perdão?



A palavra grega traduzida como "perdoar" significa literalmente cancelar ou remir. Significa a liberação ou cancelamento de uma obrigação e foi algumas vezes usada no sentido de perdoar um débito financeiro. Para entendermos o significado desta palavra dentro do conceito bíblico de perdão, precisamos entender que o pecador é um devedor espiritual. Até Jesus usou esta linguagem figurativa quando ensinou aos discípulos como orar: "e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós temos perdoado aos nossos devedores" (Mateus 6:12). Uma pessoa se torna devedora quando transgride a lei de Deus (1 João 3:4). Cada pessoa que peca precisa suportar a culpa de sua própria transgressão (Ezequiel 18:4,20) e o justo castigo do pecado resultante (Romanos 6:23). Ele ocupa a posição de pecador aos olhos de Deus e perde sua comunhão com Deus (Isaías 59:1-2; 1 João 1:5-7).
A boa nova do evangelho é que Jesus pagou o preço por nossos pecados com sua morte na cruz. Quando aceitamos o convite para a salvação através de nossa obediência aos mandamentos de Deus, ele aceita a morte de Jesus como o pagamento de nossos pecados e nos livra da culpa por nossas transgressões. Não ficamos mais na posição de infratores da lei ou devedores diante de Deus. Somos perdoados!
O perdão, então, é um ato no qual o ofendido livra o ofensor do pecado, liberta-o da culpa pelo pecado. Este é o sentido pelo qual Deus “esquece” quando perdoa (Hebreus 8:12). Não que a memória de Deus seja fraca. Por exemplo, Deus lembrou-se do pecado de Davi a respeito de Bate-Seba e Urias muito tempo depois que Davi tinha sido perdoado (2 Samuel 12:13; 1 Reis 15:5). Ele liberta a pessoa perdoada da dívida do seu pecado, isto é, cessa de imputar a culpa desse pecado à pessoa perdoada (veja Romanos 4:7-8).

sexta-feira

Eu vos escolhi

Não fostes vós que Me escolhestes a Mim; pelo contrário, Eu vos escolhi a vós. S. João 15:16.

Wilfred Grenfell, famoso médico-missionário americano, conheceu uma jovem no navio, quando estava a caminho de seu campo de trabalho no exterior. Apaixonou-se por ela quase imediatamente, e dentro de muito pouco tempo declarou-lhe a sua intenção de casar com ela. Tomada de surpresa, a resposta da moça foi:
- Mas como, rapaz, se você nem sabe o meu nome? (Ela queria dizer "sobrenome".)
Rápido como um relâmpago, Grenfell respondeu:
- Posso não saber seu nome, mas sei qual vai ser.
A moça gostou da saída de Grenfell. Oportunamente, aceitou a proposta e o romance desabrochou num feliz casamento. Passaram muitos anos desafiadores em serviço para Deus.

Algum tempo atrás, li acerca de um jovem que estudava num internato das Índias Ocidentais. Um dia, na fila para o almoço, ele expressou de modo inédito a sua escolha da moça que lhe vinha chamando a atenção. Passou para ela um bilhetinho no qual havia rabiscado as palavras de nosso texto. Ele também foi bem-sucedido.
Mas nem sempre o resultado é esse. Afinal de contas, os seres humanos têm o direito de escolher; e quando se trata de romance e casamento, o homem propõe - mas a mulher dispõe!

Todos os seres moralmente responsáveis têm a faculdade da escolha. Quando nascemos de novo, escolhemos a Cristo, mas na realidade estamos meramente confirmando uma escolha que foi Ele quem fez. Antes que você e eu escolhêssemos a Cristo, Ele já nos havia escolhido. Efésios 1:4 nos diz que Deus fez essa escolha em Cristo "antes da fundação do mundo". A escolha incluiu a todos. "Deus não faz acepção de pessoas." Atos 10:34. Ele "deseja que todos os homens sejam salvos". I Tim. 2:4.

Nem todas as pessoas, entretanto, serão salvas, porque podemos rejeitar a escolha que Deus fez. Ele poderia, logicamente, forçar-nos a aceitar a escolha dEle, mas nunca o fará porque deseja tão-somente o serviço de amor. Afinal, esse é o único tipo de serviço que vale a pena receber.


Muito Mais do que Isso
Disse Amazias ao homem de Deus: Que se fará, pois, dos cem talentos de prata que dei às tropas de Israel? Respondeu-lhe o homem de Deus: Muito mais do que isso pode dar-te o Senhor. II Crôn. 25:9.

Amazias havia formado um exército de 300.000 homens para combater Edom, e depois havia contratado ainda 100.000 mercenários do reino de Israel por 100 talentos de prata. Hoje, essa prata seria equivalente a um milhão de dólares (não muito em termos de gastos militares hoje em dia, mas uma fortuna respeitável naquele tempo).

Foi então que certo "homem de Deus", um profeta, chegou com a mensagem. Se Amazias fosse à guerra com seus mercenários israelitas como aliados, o Senhor faria com que ele caísse diante do inimigo, "porque o Senhor não é com Israel". II Crôn. 25:7. Amazias acabaria perdendo os cem talentos, bem como o apoio do exército israelita. Que deveria fazer?

Outro dia visitei o gerente de uma casa publicadora que enfrentava um dilema semelhante. Ele aceitara fazer anúncios de certa marca de pasta de dentes de um empresário local, imprimindo-os em sua revista de saúde. Claro que não havia nada de errado com a pasta de dentes, e aquele dinheiro a mais estava ajudando a pagar despesas gerais.

Depois, sem pensar, nosso amigo aceitou o anúncio de outro produto da mesma empresa, um produto que não se harmonizava com os princípios de saúde de sua revista. Compreendeu em seguida o seu erro e explicou ao empresário que não poderia imprimir a nova propaganda. O negociante começou a discutir e ameaçou retirar todos os anúncios. Fico feliz em dizer que nosso amigo escolheu desistir dos "cem talentos", em lugar de envolver-se com algo que apontava para uma direção errada.

Você já enfrentou um dilema parecido? Alguma vez você já investiu recursos, inocentemente, em algo que prometia amplo retorno, mas que acabou sendo um negócio questionável? Nessas situações, é melhor entrar no reino sem um "olho direito" ou sem a "mão direita" (S. Mat. 5:29 e 30), do que "ganhar o mundo inteiro e perder [quem sabe] a alma". S. Mat. 16:26.

Você Decide Como Agir
Sede todos de igual ânimo, compadecidos... não pagando mal por mal, ou injúria por injúria; antes, pelo contrário, bendizendo, pois para isto mesmo fostes chamados. I S. Ped. 3:8 e 9.

Os cristãos são chamados a viver a regra áurea, independentemente de como são tratados pelos outros. Isso é contrário à caída natureza humana, mas alguém que se tenha tornado participante da natureza divina é capacitado a viver por esse princípio.

Numa tarde, vários anos atrás, Sydney Harris, jornalista de Chicago, e um amigo seu dirigiram-se a uma banca de jornais e revistas. O amigo comprou um jornal e depois agradeceu ao vendedor. Este, por sua vez, mal tomou conhecimento do comprador.

- Que tipo mal-humorado, não? - observou Harris.

- Faz anos que compro jornal aqui, mas ele nunca responde - disse calmamente o amigo.

- Por que, então, você continua a ser educado com ele? - quis saber Harris.

A resposta do amigo foi reveladora:

- Por que deveria eu deixar que ele decida como devo agir?
Quando paramos para pensar nisso, vemos que existe sabedoria verdadeira nessa filosofia. As pessoas que permitem que os outros decidam como elas devem agir, estão entre as mais infelizes do mundo. Todos nós conhecemos gente assim.

Alguns têm semelhança com anfíbios. A temperatura corporal dos anfíbios (um tipo de criatura que inclui os sapos e a salamandra-aquática) é determinada pelo ambiente. Quando a temperatura ao redor de um anfíbio se eleva, a temperatura do corpo dele sobe; quando a temperatura-ambiente baixa, sua temperatura corporal cai.
Você conhece alguém, por exemplo, que deixou de freqüentar a igreja porque os membros pareciam indiferentes? Se é verdade que a igreja é fria, essa pessoa assumiu a temperatura de seu ambiente.

Li acerca de dois homens que viviam perto de um pantanal. Nenhum deles gostava de morar ali. Um deles mudou-se. O outro drenou o pântano e tornou-o habitável. Pergunte a si mesmo, assim como eu me pergunto: "Com qual desses homens eu me pareço mais?"



Ligue o som

Astrônomo diz que Jesus pode ter nascido em Junho



Uma pesquisa realizada por um astrônomo australiano sugere que Jesus Cristo teria nascido no dia 17 de junho e não em 25 de dezembro.
De acordo com Dave Reneke, a "estrela de Natal" que, segundo a Bíblia, teria guiado os Três Reis Magos até a Manjedoura, em Belém, não apenas teria aparecido no céu seis meses mais cedo, como também dois anos antes do que se pensava.
Estudos anteriores já haviam levantado a hipótese de que o nascimento teria ocorrido entre os anos 3 a.C e 1 d.C.
O astrônomo explica que a conclusão é fruto do mapeamento dos corpos celestes da época em que Jesus nasceu. O rastreamento foi possível a partir de um software que permite rever o posicionamento de estrelas e planetas há milhares de anos.
Baseando-se no Evangelho de Mateus, que descreve a aparição de uma "estrela" como sinal do nascimento de Jesus, Reneke identificou a conjunção dos planetas Vênus e Júpiter, que teriam emitido uma forte luz que poderia ter sido confundida com uma estrela.
"Vênus e Júpiter chegaram muito perto no ano 2 a.C refletindo muita luz. Não podemos dizer com certeza que esta era a estrela de Natal descrita na Bíblia, mas até agora esta é a explicação mais plausível que já vi sobre isso", disse Reneke à BBC Brasil.
"A astronomia é uma ciência tão precisa, que podemos apontar exatamente onde os planetas estavam. E há uma grande probabilidade que esta conjunção possa ser a estrela descrita por Mateus no Evangelho".
O australiano diz que a pesquisa não é uma tentativa de contestar a religião.
"Quando misturamos ciência e religião há a sempre a chance de chatear as pessoas. Neste caso, esses resultados podem servir para reforçar a fé, porque mostra que realmente havia um grande objeto brilhante no céu no momento certo".
BBC Brasil - BBC BRASIL.com - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC BRASIL.com.

Manuscrito

Suposta relíquia escrita num dialeto da língua falada por Jesus foi encontrada por policiais no Chipre
06 de fevereiro de 2009
Reuters
Um manuscrito escrito em siríaco, dialeto da língua nativa de Jesus Cristo, foi encontrado no norte do Chipre. Autoridades policiais acreditam que o documento seja uma versão antiga da Bíblia. As informações são da agência Reuters.
A antigüidade foi localizada numa batida policial que investigou uma suspeita de contrabando.
Segundo informações preliminares da polícia turco-cipriota, o documento poderia ter em torno de 2 mil anos. Os peritos têm dúvidas se a relíquia é verdadeira, o que a tornaria valiosa, ou se é falsa.
A obra apresenta trechos da Bíblia escrito em letras de ouro velino, além do desenho de uma árvore. Especialistas explicaram que o uso de caracteres dourados provavelmente datam de mais de dois mil anos. "Eu suspeito que tenha cerca de mil anos", disse o pesquisador Peter Williams, diretor da Tyndale House na Universidade de Cambridge.
Após análises de fotos, pesquisadores da Universidade de Cambridge disseram que o manuscrito poderia ter sido escrito mais tarde. "O dialeto siríaco que consta na obra possui uma forma que não se encontra antes do século 15", avaliaram.
Por outro lado, com base em apenas uma das fotos, os historiadores acreditam que o achado é ainda menos antigo, de meados do século 19, pois algumas palavras estão escritas em siríaco considerado moderno.
Redação Terra

quinta-feira

Adolescência

“Ninguém despreze a tua mocidade; pelo contrário, torna-te padrão dos fiéis, na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza.”1 Timóteo 4:12
Conhecer essa fase é fundamental para aproveitar o melhor dela. A adolescência é a melhor fase da vida, se não for desprezada. É nela que:
Amizades: que firmamos nossas amizades para toda vida, divertimos puramente: é na adolescência que temos o maior tempo para nos divertir, praticar esportes, pescar, acampar, etc … fazer diverções puras, que não tragam conseqüências ruins depois.
Aprendizado: a adolescência é a melhor fase para o aprendizado, depois fica muito mais difícil estudar. É nessa fase que podemos aprender música, teatro, e definimos a nossa profissão. Se não definimos nossa profissão na adolescência seremos adultos frustrados trabalhando no que não gostamos.
Valores: é na adolescência que estabelecemos nossos valores éticos e familiares. Se você não respeitar valores e sua família, e muito provável que sua futura família será sem valores e sem respeito por você.
A adolescência compreende a fase de mudanças psicológicas e físicas e nos promove de crianças a adultos. Em média ela percorre as idades de 13 a 20 anos.
A melhor fase da vida
Obedecer a Palavra de Deus e não obedecer ao mundo e ao que Satanás tem ensinado. O homem nasceu para ser subordinado ao Senhor.
Satanás é o senhor da escravidão, que rouba a sua adolescência e tem levado gerações para a perdição consigo.
Jesus é o Senhor amoroso e deu sua vida para que vivêssemos e aproveitássemos cada fase de nossas vidas. A adolescência é uma fase fantástica, pois a única coisa que você tem de preocupação é a de honrar teus pais e a Deus.
Não tem pressão de seus filhos, das contas para pagar, das metas da empresa.
Em Eclesiastes 3 diz que há tempo para todo propósito debaixo do céu e no v. 11 diz que tudo Deus fez formoso no tempo dEle, então aproveite sua adolescência, não tente ser o que você não é, porque depois vai querer voltar a trás e não poderá mais.
Salomão disse: "Lembra-te do teu criador nos dias da tua mocidade, antes que venha os maus dias, e cheguem os anos dos quais venha dizer; não tenho neles contentamento"(Ec12,1).
Viva o melhor que Deus tem para sua vida no temor do Senhor.

terça-feira

Há realmente um lugar chamado “Inferno”?



A resposta para esta pergunta está nas Escrituras, porque a Bíblia certamente nos ensina sobre um real e terrível lugar de condenação para aqueles que mantém Cristo fora de suas vidas.
É muito triste para mim que, tão freqüentemente, se ouça as pessoas falarem sobre o Inferno tão ligeiramente. Para muitos isto é somente motivo para piadas e brincadeiras, ou uma palavra de maldição usada casualmente.
O fato da realidade do Inferno é ensinado ao longo da Bíblia em inúmeras passagens. O Senhor Jesus Cristo provavelmente tinha mais a dizer sobre este assunto do que qualquer outra pessoa. Ele foi um professor com as mais impressionantes credenciais -- uma vida sem pecado, um ministério miraculoso, e uma tumba vazia que não pôde dete-Lo.
Cristo é freqüentemente mencionado como o "Gentil Jesus, submisso e moderado", mas este rótulo dificilmente se encaixa com a linguagem que encontramos no capítulo nove de Marcos onde Ele afirma o fato e a realidade do Inferno. Lemos estas fortes declarações:
E, se tua mão te faz tropeçar, corta-a; pois é melhor entrares maneta na vida do que, tendo as duas mãos, ires para o inferno, para o fogo inextinguível (onde não lhes morre o verme, nem o fogo se apaga). E, se teu pé te faz tropeçar, corta-o; é melhor entrares na vida aleijado do que, tendo os dois pés, seres lançado no inferno (onde não lhes morre o verme, nem o fogo se apaga). E, se um dos teus olhos te faz tropeçar, arranca-o; é melhor entrares no reino de Deus com um só dos teus olhos do que, tendo os dois, seres lançado no inferno, onde não lhes morre o verme, nem o fogo se apaga. - Marcos 9:43-48
Em outra passagem Cristo chama os Escribas e Fariseus de “raça de víboras,” e os avisa, "Como escapareis da condenação do Inferno?" ( Mateus. 23:33 ) Estas são fortes palavras ditas pelo Senhor Jesus. Ele disse como é de fato.
Quando alguém questiona o fato e realidade do Inferno, este, na verdade, está questionando a veracidade da Bíblia, e a autoridade do Senhor Jesus Cristo. A fé Cristã está toda atrelada, e quando é atacada em um certo ponto, se torna totalmente vulnerável. Esta se mantém unida formosamente.
Se Cristo é o Filho de Deus, e se veio através da eternidade, e veio dos Céus ao mundo, e morreu, e ressuscitou dentre os mortos, então qualquer coisa que Ele jamais disse sobre qualquer assunto é digna e deve ser ouvida com muita atenção. E realmente é para ser recebida sem questionamentos. Assim, as pessoas que têm problemas com o fato e realidade do Inferno, às vezes, não percebem que seu verdadeiro problema é com a pessoa do Senhor Jesus Cristo e quem Ele é, e porque veio ao mundo.
Que Deus abençoe a todos ricamente em Cristo Jesus.
Author: Dr. Bruce W. Dunn, Grace Communications. Copyright © 1999, Grace Communications, All Rights Reserved. Printed copies of the booklet Hell: Fact or Fiction are available from the copyright owner

O lar segundo o coração de Deus


Embora o casamento tenha sido produzido no céu, o sucesso dele depende de nós, aqui na terra. É necessário um grande esforço por parte do marido e da esposa para que se possa apreciar o total potencial de felicidade contidos nos laços do matrimônio. Ambos devem estar conscientes de seu relacionamento diante de Deus, e desejosos de realizar aquilo que Deus quer que façam. Quando cada conjugue se mantém submisso a Seu plano, através do diligente esforço e cooperação mútua, o casamento pode trazer um pouquinho do céu na terra.
Reconhecendo a responsabilidade existente tanto na esposa quanto no esposo, para transformar nossa casa, em um verdadeiro lar, conforme o desejo de nosso Pai Celestial.

Comprometimento para a vida toda

Do dia do casamento em diante, na verdade, muito antes dele acontecer, o noivo e a noiva devem ter plena consciência da permanência dos laços do casamento. Devem ambos desejar honrar as exigências de um relacionamento para a vida toda. O próprio Senhor Jesus ensinou isso em Marcos 10:6-9, onde diz:
"Porém, desde o princípio da criação, Deus os fez macho e fêmea. Por isso, deixará o homem a seu pai e sua mãe, e unir-se-á a sua mulher; E serão os dois uma só carne; e assim já não serão dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem." (Marcos 10:6-9)O próprio fato do casamento trazer este compromisso exige que façamos o melhor possível para fazê-lo funcionar bem e assegurar felicidade e satisfação plena aos envolvidos. Seria um tremendo desperdício duas pessoas passarem pela vida num relacionamento sem amor! Simplesmente tolerar um ao outro, conviver apenas por causa dos filhos não foi o que Deus pretendeu para o casamento. Ele não foi originado como penalidade, ou como alguns o vêem, uma "sentença de vida". É para toda a vida, com certeza, mas é algo para se aproveitar, não "suportar". Um casamento bem sucedido não acontece simplesmente. Ele exige uma devoção abnegada tanto por parte do marido como da esposa.
Nunca se esqueça de que nenhuma esposa e nenhum esposo deve estar tão ocupado ou interessado em sua vida social (trabalho, filhos, nem mesmo a igreja) que falhe em manter sua casa arrumada e limpa, em demonstrar interesse no trabalho do parceiro ou em ser amável e afetuoso. A esposa que muda de planos para atender ao marido está fazendo sua parte no "adocicar" do relacionamento. Sim, os casamentos são instituídos no céu, mas o trabalho de manutenção deles depende de nós!
Que Deus abençoe a todos os casais e todos aqueles que desejam casar-se
em nome de Jesus.
Ronaldo Márcio

segunda-feira

A mulher sábia, teme ao Senhor.



“Toda mulher sábia edifica a sua casa; a insensata, porém, derruba-a com suas mãos.” (Pv 14:1)

A mulher cristã tem vários papéis a desempenhar na sociedade, na igreja e principalmente no lar, onde ela tem um ministério específico. Ela pode edificar, e construir, aliás, foi para isto que o Senhor a criou. Contudo, se não for sábia, pode vir a destruí-lo, com suas próprias mãos.
Porque tamanha responsabilidade para nós mulheres? Quando Deus criou o homem, disse: “Não é bom que o homem viva sozinho. Vou fazer alguém que o ajude como se fosse a sua outra metade.” (Gn 2:18). Formou então Deus a primeira família, onde colocou a mulher como peça fundamental para esta formação e deixou em suas mãos a responsabilidade de ser o rochedo, o ponto de equilíbrio, a orientadora, a ajudadora junto ao marido, mais o privilégio único de ser mãe.
Todas as mulheres sabem da importância que a nossa mãe teve em nossa vida. Foi ela que passou a maior parte do tempo conosco.
Obviamente todas nós queremos ser bem sucedidas na vida como esposa, mãe, dona de casa, etc.
Talvez você esteja refletindo e avaliando sua vida e chega a conclusão que não tem tido muito sucesso na vida e se pergunta: o que está acontecendo? Será que é falta de sabedoria? O que fazer? Deus quer restaurar a sua vida, família e casamento. Em Tiago 1:5 está escrito: “E, se alguém de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente.”
Vejo que o primeiro passo seria ter uma vida de total compromisso com Deus, querer ser segundo o coração de Deus. Em Lc 10:38 podemos perceber claramente em Maria o compromisso profundo, um desejo enorme de ouvir e de estar na presença do Senhor.
Compromisso com Deus gera santificação. E é isto que Deus espera de nós: “Sede santos, porque eu sou santo” (1 Pe 1:16).
E o segundo passo seria pedir sabedoria a Deus.
Por quê pedir sabedoria não é o primeiro passo? A questão é que se nós não tivermos compromisso com Deus, nós podemos até pedir, Deus pode até nos dar, mas nós não vamos saber usá-la e de nada vai adiantar, pois nos falta compromisso com Deus, controle do Espírito Santo e falta do senhorio de Cristo na vida.
Portanto, para termos os nossos lares edificados, precisamos ser sábias. E para obtermos esta sabedoria, faz-se necessário uma vida de compromisso total com Deus. Lembre-se sempre, mulher, que o seu lar precisa de você e que Deus lhe fez para construir, edificar, ajudar e orientar. Deus lhe fez para ser coluna no lar, inabalável!

Prª Maria de Lourdes Effgen Gonçalves
Que o Senhor te abençoe ricamente em Cristo Jesus.
Ronaldo Marcio

O plano simples de Deus para a salvação




Meu amigo! Faço-te a mais importante pergunta desta vida. Tua alegria ou tristeza por tôda a ETERNIDADE depende dela. Eis a pergunta: Estás SALVO? Quer dizer ... ESTÁS CERTO de que irás para o Céu quando morreres? Não te pergunto se és membro de alguma igreja, mas ESTÁS SALVO? Não te pergunto se és pessoa de bem mas ESTÁS SALVO? Ninguém pode gozar das bênçãos de Deus ou ir para o Céu, sem estar salvo. Jesus disse a Nicodemos, em João 3:7 - "Necessário vos é nascer de novo." Deus nos deu na Sua Palavra um ÚNICO plano de Salvação. Esse plano é simples. Podes ser salvo HOJE.
Primeiro, meu amigo, tens de reconhecer que és PECADOR.
Romanos 3:10 - "Não há um justo, nem um sequer."
Romanos 3:22, 23 - "Porque não há diferença: TODOS pecaram e destituidos estão da glória de Deus."
Não há OPORTUNIDADE de seres salvo, se não reconheceres que ÉS PECADOR.
Porque és pecador, estás CONDENADO À MORTE!
Romanos 6:23 - "Porque o salário do pecado é a morte."
Tiago 1:15 - "E o pecado, gera a morte."
Isto significa separação de Deus, no Inferno para sempre. Sim, é terrível, meu amigo, mas é verdade. Mas Deus te amou tanto que Deu seu unigênito filho, Jesus Cristo, como teu substituto, para levar teus pecados e morrer em teu lugar.
2 Coríntios 5:21 - "AQUELE que não conheceu pecado (Jesus) 0 fez pecado por NÓS para que NELE fôssemos feitos justiça de Deus."
1 Pedro 2:24 - "Levando Ele mesmo em SEU corpo os NOSSOS pecados sobre o madeiro, para que, mortos para os pecados, pudéssemos viver para a justiça; e pelas Suas feridas FOSTES SARADOS."
Jesus teve que morrer. Ele teve que derramar o Seu sangue. "Porque a alma da carne está no sangue (Levíticos 17:1 1). "Sem derramamento de sangue não ha remissão" (Hebreus 9:22).
Não podemos, agora, compreender como os nossos pecados foram colocados sobre Cristo, mas Deus, em SUA PALAVRA, diz que foi assim. Assim os TEUS PECADOS, meu amigo, foram carregados POR JESUS, e ELE MORREU EM TEU LUGAR. Isto é verdade. Deus não pode mentir!
0 carcereiro de Filipos perguntou a Paulo e Silas: "Que é necessário que EU FAÇA para me SALVAR?"
Atos 16:31 - "E eles disseram: CRÊ no Senhor Jesus Cristo, e SERÁS SALVO, tu e a tua casa."
Basta crer NELE como 0 que carregou teu pecado, e morreu no teu lugar, foi sepultado e ressuscitou para tua justificação. Clama, agora, por Ele!
Romanos 10:13 - "Porque TODO AQUELE que invocar o nome do Senhor será salvo."
A primeira oração que um PECADOR deve fazer, é a seguinte: "Ó Deus, tem misericórdia DE MIM, pecador" (Lucas 18:13). Agora és um pecador e sentes tristeza por isso. Então, AONDE ESTIVERES, podes elevar o teu coração a Deus em oração. Não é necessário fazer uma longa oração em voz alta, porque Deus está ANSIOSO para te salvar. Basta dizeres: "Ó Deus, sou um pecador arrependido. Tem misericórdia de mim e salva-me pelo amor de Jesus." Aceita-0, então, de acôrdo com a Sua Palavra.
Romanos 10:13 - "Porque TODO AQUELE (isto te inclui) que invocar o nome do Senhor SERÁ SALVO (será salvo, e não talvez seja salvo). SERÁ SALVO!
Crê em Deus e na Sua PALAVRA. Quando tiveres feito o que Ele te pediu, aceita a SALVAÇÃO PELA FÉ, conforme a SUA PALAVRA. CRÊ E SERÁS SALVO. Nenhuma igreja, nenhuma sociedade nem as boas obras ninguém - mas Só e únicamente JESUS CRISTO PODE TE SALVAR.
0 plano simples da salvação é: ÉS PECADOR; porque és pecador, DEVARÁS MORRER ou crer em Cristo que foi TEU SUBSTITUTO e morreu em TEU LUGAR, foi sepultado e ressuscitou. Clama por Ele, reconhecendo que és um pecador e pede-lhe que tenha misericórdia de ti e te salve, pelo AMOR DE JESUS. Crê, então, na Sua Palavra e, PELA FÉ,ACEITA A SALVAÇÃO. Dirás talvez:" Certamente isto não basta para ser salvo."
Sim - nada mais e absolutamente nada. Graças a Deus, muitos têm sido ganhos para Cristo por êsse simples plano. Está nas ESCRITURAS. É 0 PLANO DE DEUS. Crê NELE meu amigo, e SEGUE-0. Agora é o tempo. HOJE é o dia.
2 Coríntios 6:2 - "Eis aqui AGORA o tempo aceitável, eis aqui AGORA o dia da salvação."
Provérbios 27:1 - "Não presumas do dia de amanhã, porque não sabes o que produzirá o dia."
Se não achares perfeitamente claro, lê novamente até poderes compreender. Não ignores esta mensagem, até que possas entendê-lo totalmente. Tua alma tem mais valor do que tudo no mundo.
Marcos 8:36, 37 - "Pois que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma? Ou que daria o homem pelo resgate da sua alma?"
Assegura a tua salvação. Coloca a tua salvação acima de todas as coisas. Se perderes a tua alma, não entrarás no céu e perderás tudo. Deus te ajudará afim de que sejas salvo hoje.
Deus te salvará e, também, TE GUARDARÁ.
1 Corintios 10: 13 - "Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que vos não deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar."
Não contia nos teus sentimentos. Estes mudam. Firma-te nas promessas de Deus. Estas nunca mudam.
DEPOIS DE SALVO, há três coisas que deves realizar, para o teu crescimento espiritual:
ORE - e falarás com Deus. LEIA A BíBLIA - e Deus falará contigo. TESTIFIQUE - e falarás por Deus. Em seguida deves ser batizado e afiliado a uma igreja que creia verdadeiramente na Bíblia.
Mateus 10:32 - "Portanto qualquer que me confessar diante dos homens, eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus."


Que Deus vos abençoe em Cristo Jesus.
Ronaldo Marcio

sexta-feira

O milagre do nascimento e do novo nascimento

Um nascimento representa o princípio de tudo - é o milagre do presente e a esperança do futuro.
Hoje as flores têm uma cor especial, os pássaros cantam mais, o sol brilha com uma nova força e esta noite as estrelas sorrirão pelo nascimento de um novo ser.
Eles nascem com olhos dispostos a ver, todo precioso, abraçar todo o alegre e querer sem condições com todo seu coração.
O milagre de um nascimento é um tesouro único para uma mãe.
Um recém nascido enche um oco que sua mãe nunca sabia que existia em seu coração.
Cada um deles é um milagre único e impossível de se repetir.
Por isso Deus como Pai e criador de todas as coisas fez todos com um propósito único; conhecer e reconhecê-lo como Pai. Adorá-lo, respeitá-lo, amá-lo e render-lhe graças por tudo que Ele realizou e ainda realiza na vida do homem. Este é o objetivo e propósito da vida.

Jesus falou do novo nascimento a Nicodemos, um dos principais dos judeus, o qual tinha vindo ter com ele de noite. Jesus lhe disse: "Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus. Disse-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Pode, porventura, tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer? Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus. O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito. Não te maravilhes de te ter dito: Necessário vos é nascer de novo. O vento sopra onde quer, e ouves a sua voz; mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito". (João 3:3-8)
Das palavras de Jesus sobre o novo nascimento se evidencia que para entrar e para ver o reino de Deus é indispensável nascer de novo. As seguintes expressões: "... não pode ver o reino de Deus... não pode entrar no reino de Deus... Necessário vos é nascer de novo.." o demonstram. Portanto todos aqueles que querem entrar no Reino de Deus que está nos ceús têm que nascer de novo, de outro modo ficarão fora dele.
Mas porque é que os homens têm que nascer de novo para poder entrar no Reino de Deus? Porque eles estão mortos nas suas ofensas e nos seus pecados privados da vida de Deus (cfr. Ef. 2:1). O novo nascimento é de facto uma ressurreição espiritual que permite àquele que está morto espiritualmente ressuscitar e tornar-se vivo do ponto de vista espiritual e portanto apto a entrar no Reino de Deus.
Que Deus vos abençoe em Cristo Jesus

O amor não correspondido


Fazei o bem e emprestai, sem esperar nenhuma paga; será grande o vosso galardão, e sereis filhos do Altíssimo. Pois Ele é benigno até para com os ingratos e maus. S. Luc. 6:35.
No dia 8 de setembro de 1860, uma terrível tempestade abateu-se sobre o Lago Michigan e ameaçou afundar o navio de passageiros Lady Elgin. Na praia, observando o desdobramento da tragédia, estava um grupo de estudantes do Instituto Bíblico Garrett, que ficava perto. Quando o navio começou a partir-se, um dos estudantes, Edward W. Spencer, viu uma senhora agarrada a um dos destroços. Sem conseguir ficar apenas observando o naufrágio, Spencer tirou o casaco, jogou-se nas agitadas águas, nadou até ao navio e trouxe aquela senhora em segurança para a praia.
Spencer nadou repetidas vezes e trouxe náufragos de volta, até que suas forças falharam e ele desmaiou na praia, exausto. Como resultado de seus esforços, 17 vidas foram salvas, mas o ato heróico quase lhe custou a vida. Ele nunca recuperou totalmente a saúde. Após a sua morte, alguns anos mais tarde, alguém escreveu à esposa dele perguntando se era verdade que nenhum dos náufragos salvos havia agradecido o heroísmo de seu marido. Aqui está a resposta dela: "A afirmação é verdadeira. Spencer nunca recebeu nenhum agradecimento das pessoas que ele conseguiu salvar, e nenhum reconhecimento por parte de qualquer uma delas."
A seguir, num admirável espírito de magnanimidade, ela colocou a culpa da aparente ausência de gratidão na confusão geral reinante e na exaustão, tanto dos resgatados quanto do resgatador. Ela encerrou a carta com estas palavras: "Meu marido sempre manteve esse ponto de vista acerca daquele episódio; nunca manifestou qualquer ressentimento, e tenho certeza de que nunca o sentiu. Fez o melhor que pôde, sem esperar recompensas ou apreciação."
JesusVoltara.com.br

Deus e você


Deus e Você

Só Deus pode criar
Mas você pode valorizar o que Ele criou
Só Deus pode dar a fé
Mas você pode dar o seu testemunho
Só Deus pode dar o amor
Mas você pode ensinar amar
Só Deus pode dar a alegria
Mas você pode sorrir à todos
Só Deus pode dar a força
Mas você pode apoiar à quem desanimou
Só Deus é a luz
Mas você pode fazê-la brilhar aos olhos dos seus irmãos.
Só Deus é o caminho
Mas você pode indicá-lo aos outros
Só Deus é a vida
Mas você pode restituir aos outros o desejo de viver
Só Deus pode fazer milagres
Mas você pode ser aquele que trouxe os cinco pães e os dois peixes
Só Deus pode fazer o que parece impossível...
Mas você pode fazer o possível
Só Deus se basta à si mesmo,
Mas ele preferiu contar com você.
DEUS te abençoe....

quinta-feira

Meus amigos


Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos.Não percebem o amor que lhes devoto e a absoluta necessidade que tenho deles.
A amizade é um sentimento mais nobre do que o amor, eis que permite que o objeto dela se divida em outros afetos, enquanto o amor tem intrínseco o ciúme, que não admite a rivalidade.
E eu poderia suportar, embora não sem dor,que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!
Até mesmo aqueles que não percebem o quanto são meus amigos e o quanto minha vida depende de suas existências...
A alguns deles não procuro, basta-me saber que eles existem. Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida. Mas, porque não os procuro com assiduidade, não posso lhes dizer o quanto gosto deles. Eles não iriam acreditar!
Muitos deles estão lendo esta crônica e não sabem que estão incluídos na sagrada relação de meus amigos. Mas é delicioso que eu saiba e sinta que os adoro, embora não declare e não os procure.
E às vezes, quando os procuro, noto que eles não têm noção de como me são necessários, de como são indispensáveis ao meu equilíbrio vital, porque eles fazem parte do mundo que eu, Tremulamente construí e se tornaram alicerces do meu encanto pela vida.
Se um deles morrer, eu ficarei torto para um lado. Se todos eles morrerem, eu desabo! Por isso é que, sem que eles saibam, eu agradeço à Deus pela vida deles.E me envergonho, porque essa minha oração é, em síntese, dirigida ao meu bem estar. Ela é, talvez, fruto do meu egoísmo.
Por vezes, mergulho em pensamentos sobre alguns deles. Quando viajo e fico diante de lugares maravilhosos, cai-me alguma lágrima por não estarem junto de mim, compartilhando daquele prazer...
Se alguma coisa me consome e me envelhece é que a roda furiosa da vida não me permite ter sempre ao meu lado, morando comigo, andando comigo, falando comigo, vivendo comigo, todos os meus amigos, e, principalmenteos que só desconfiam ou talvez nunca vão saber que são meus amigos!
Que Deus abençoe ricamente todos vocês em nome de Jesus.

Conflito sem fim.




Desculpe-me pelas fotos, sei que são pesadas e até mesmo chocantes.

Mas, o que fazer diante de uma situação tão triste como esta? Ver pessoas inocentes morrendo, olhar crianças chorando, gemendo de dor pela ignorância dos homens que só pensam em si mesmos. Vemos reportangens todos os dias sobre este conflito entre Israel e Palestina, que já deixaram mais de mil pessoas mortas em menos de um mês. Situações como essas estão fazendo com que o mundo chore pela vinda do Senhor Jesus.
Onde estão os líderes políticos do HAMAS? De Israel? Estão tranquilos em suas fortalezas blindadas construidas especificamente para se protegerem e outros estão espalhados no Líbano, na Síria e em outros lugares do oriente médio. De lá estão conduzindo esta guerra, dando ordens para os lançamentos de foguetes. O fato incômodo é que o HAMAS quer mostrar suas crianças mortas para que o mundo se revolte contra Israel. Temos a tendência de ser-mos emotivos, e por isso, nos revoltamos fácil com algumas situações.
Esta é uma guerra santa, sem acordos de paz por ambos os lados, principalmente pelos palestinos mulçumanos.
Tem mais uma outra foto que eu não tive coragem de mostrar, doeu o meu coração. É difícil para todo o ser humano aceitar isto. Sei também que Deus não está aprovando este conflito. É a permissão Dele. Haverá sim um dia em que Deus há de julgar estas atitudes e conflitos, não somente judeus ou palestinos comparecerão diante de Deus, assim também todos nós.
Se fala muito sobre o conflito, e ouvimos também muito acerca disto. São muitas opiniões, críticas, conselhos, etc...
Postei este assunto porque percebi a importância de ouvir oque as pessoas tem a dizer. Gostaria de convidá-los a falar sobre o caso. Fique a vontade, desde que as suas respostas não ofendam os direito humanos. Lembre-se, somente Deus tem o direito de julgar alguém e de condená-lo.
Mesmo que você não tenha conhecimento profundo sobre o assunto, a sua participação é importante.
Um grande abraço e que Deus abençoe a todos.
O autor




Deus é o Criador




Imaginemos o princípio dos tempos. Absolutamente nada existia. NADA DE NADA.
Nem existia a Terra, nem o sol, nem estrela alguma, nem nenhuma matéria nem energia; nem sequer existia o espaço nem o tempo, que são valores físicos que podem variar, como demonstra a teoria d relatividade.
Em resumo, NADA DE NADA. E de repente, o estouro grande da Grande Explosao inicial, também conhecida como Big-bang. Um estouro gigantesco, brutal, que deu origem, após bilhão de anos, às estrelas, galáxias, planetas, ao universo inteiro.
Esta é a teoria aceitada geralmente hoje em dia. E Deus é o responsável dessa criação. Isso como eu o sei? Muito fácil. Porque a ciência explica, na primeira lei da termodinámica, que NADA SE CRIA NEM SE DESTRÓI, TUDO É TRANSFORMADO.
Nada é criado da nada e onde há algo não pode deixar para existir esse algo para ter a nada. Se nada é possível de criar da nada, é evidente que a coisa criada teve que originar-se de alguma maneira.
Deus é a resposta. Naturalmente, Deus não é suscetível de ser incluído nesta premissa científica. O Criador está muito lá sobre sua criação. Este mundo nosso é caracterizado por suas limitações. Nós somos sujeitos ao esquema espaço-tempo e é-nos inconcebível uma realidade em que esta estrutura não é aplicada. Deus, como criador supremo, não é limitado por estas leis que ele mesmo legislou. A Escritura diz: MIL ANOS PARA ELE É UM ONTEM QUE PASSOU...
Em resumo, tem que existir um criador que não seja sujeito àquelas leis físicas que ele mesmo criou. Deus é eterno, e existiu sempre. E este universo em que nós vivemos, é sua criação.
Esta é a razão pela que eu posso afirmar sem nenhuma dúvida que DEUS EXISTE.

quarta-feira

Orar é muito simples



É como abrir uma porta silenciosamente
E entrar na presença de Deus,
E ali, na quietude,
Ouvir a Sua voz.
Talvez fazer-lhe uma petição
Ou apenas ouvi-Lo,
Não importa;
Simplesmente ficar lá
Na Sua presença,
Isso é orar!



Envelhecer bem



Envelhecer bem é um grande desafio, estejam certos disso. Envelhecer com descontração, com muita ação, eis a questão... A ação mantém a saúde da mente que não é ausente, ausente de empreender, constante treinamento, que faz da dualidade corpo-coração. Um campo de emoção!
Emoção que conserva o brilho do olhar, olhar da alma... Mostrando a luz de cada ruga, luz nascida nos momentos vividos, que sulcaram a face, como o vento sulca a rocha... Assume-se o decrepitar do corpo, alimentado pela emancipação da alma, vencer assim é um desafio. Enquanto o jovem faz vibrar o esplendor de seu florescer, o velho deve fazer vibrar, o esplendor de seu envelhecer... Alimentando-se na harmonia, que se entrega à melodia, promovendo o bailado, em que se dinamiza a vida, tornando tudo intenso aos olhos. Ao coração...
Isso é o que torna o velho alado! Alado sim...
Na terra distribui carinho, de encantador jeitinho, sorrindo das decepções. Vendo-as como canções passadas. Volta-se para o horizonte, que lhe abre novas perspectivas, não vistas pela criança, pelo jovem. Mas vistas e sentidas, por aquele que exulta em glórias!
O envelhecer, oferta a beleza de um corpo decadente, e a sublimação de uma alma ascentende. Quem envelhece seguindo as necessidades do eu sou, jamais terá vontade de dizer eu fui... Ou eu serei... Diz apenas eu sou... Sou com você, sou com o universo.
Sou com Deus e com Jesus Cristo que me sustenta e me conduz a eternidade, para viver eternamente em um santuário onde não sentirei mais o meu corpo velho e cansado. Mas terei o vigor do Espírito Santo sobre mim!
Amém



Obras da carne e o Fruto do Espírito

“Porque as obras da carne são manifestas, as quais são:
prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o Reino de Deus.
Mas o fruto do Espírito é: caridade (amor), gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra essas coisas não há lei.” Gl 5.19-23
Nenhum trecho da Bíblia apresenta um mais nítido contraste entre o modo de vida do crente cheio do Espírito e aquele controlado pela natureza humana pecaminosa do que 5.16-26. Paulo não somente examina a diferença geral do modo de vida desses dois tipos de crentes, ao enfatizar que o Espírito e a carne estão em conflito entre si, mas também inclui uma lista específica tanto das obras da carne, como do fruto do Espírito.
OBRAS DA CARNE. “Carne” (gr. sarx) é a natureza pecaminosa com seus desejos corruptos, a qual continua no cristão após a sua conversão, sendo seu inimigo mortal (Rm 8.6-8,13; Gl 5.17,21).
Aqueles que praticam as obras da carne não poderão herdar o reino de Deus (5.21). Por isso, essa natureza carnal pecaminosa precisa ser resistida e mortificada numa guerra espiritual contínua, que o crente trava através do poder do Espírito Santo (Rm 8.4-14; ver Gl 5.17).
As obras da carne (5.19-21) incluem:
(1) “Prostituição” (gr. pornéia), i.e., imoralidade sexual de todas as formas. Isto inclui, também, gostar de quadros, filmes ou publicações pornográficos (cf. Mt 5.32; 19.9; At 15.20,29; 21.25; 1Co 5.1). Os termos moichéia e pornéia são traduzidos por um só em português: prostituição.
(2) “Impureza” (gr. akatharsia), i.e., pecados sexuais, atos pecaminosos e vícios, inclusive maus pensamentos e desejos do coração (Ef 5.3; Cl 3.5).
(3) “Lascívia” (gr. aselgeia), i.e., sensualidade. É a pessoa seguir suas próprias paixões e maus desejos a ponto de perder a vergonha e a decência (2Co 12.21).
(4) “Idolatria” (gr. eidololatria), i.e., a adoração de espíritos, pessoas ou ídolos, e também a confiança numa pessoa, instituição ou objeto como se tivesse autoridade igual ou maior que Deus e sua Palavra (Cl 3.5).
(5) “Feitiçarias” (gr. pharmakeia), i.e., espiritismo, magia negra, adoração de demônios e o uso de drogas e outros materiais, na prática da feitiçaria (Êx 7.11,22; 8.18; Ap 9.21; 18.23).
(6) “Inimizades” (gr. echthra), i.e., intenções e ações fortemente hostis; antipatia e inimizade extremas.
(7) “Porfias” (gr. eris), i.e., brigas, oposição, luta por superioridade (Rm 1.29; 1Co 1.11; 3.3).
(8) “Emulações” (gr. zelos), i.e., ressentimento, inveja amarga do sucesso dos outros (Rm 13.13; 1Co 3.3).
(9) “Iras” (gr. thumos), i.e., ira ou fúria explosiva que irrompe através de palavras e ações violentas (Cl 3.8).
(10) “Pelejas” (gr. eritheia), i.e., ambição egoísta e a cobiça do poder (2Co 12.20; Fp 1.16,17).
(11) “Dissensões” (gr. dichostasia), i.e., introduzir ensinos cismáticos na congregação sem qualquer respaldo na Palavra de Deus (Rm 16.17).
(12) “Heresias” (gr. hairesis), i.e., grupos divididos dentro da congregação, formando conluios egoístas que destroem a unidade da igreja (1Co 11.19).
(13) “Invejas” (gr. fthonos), i.e., antipatia ressentida contra outra pessoa que possui algo que não temos e queremos.
(14) “Homicídios” (gr. phonos), i.e., matar o próximo por perversidade. A tradução do termo phonos na Bíblia de Almeida está embutida na tradução de methe, a seguir, por tratar-se de práticas conexas.
(15) “Bebedices” (gr. methe), i.e., descontrole das faculdades físicas e mentais por meio de bebida embriagante.
(16) “Glutonarias” (gr. komos), i.e., diversões, festas com comida e bebida de modo extravagante e desenfreado, envolvendo drogas, sexo e coisas semelhantes. As palavras finais de Paulo sobre as obras da carne são severas e enérgicas: quem se diz crente em Jesus e participa dessas atividades iníquas exclui-se do reino de Deus, i.e., não terá salvação (5.21; ver 1Co 6.9).
O FRUTO DO ESPÍRITO. Em contraste com as obras da carne, temos o modo de viver íntegro e honesto que a Bíblia chama “o fruto do Espírito”. Esta maneira de viver se realiza no crente à medida que ele permite que o Espírito dirija e influencie sua vida de tal maneira que ele (o crente) subjugue o poder do pecado, especialmente as obras da carne, e ande em comunhão com Deus (ver Rm 8.5-14 nota; 8.14 nota; cf. 2Co 6.6; Ef 4.2,3; 5.9; Cl 3.12-15; 2Pe 1.4-9).
O fruto do Espírito inclui:
(1) “Caridade” (amor) (gr. agape), i.e., o interesse e a busca do bem maior de outra pessoa sem nada querer em troca (Rm 5.5; 1Co 13; Ef 5.2; Cl 3.14).
(2) “Gozo” (gr. chara), i.e., a sensação de alegria baseada no amor, na graça, nas bênçãos, nas promessas e na presença de Deus, bênçãos estas que pertencem àqueles que crêem em Cristo (Sl 119.16; 2Co 6.10; 12.9; 1Pe 1.8; ver Fp 1.14).
(3) “Paz” (gr. eirene), i.e., a quietude de coração e mente, baseada na convicção de que tudo vai bem entre o crente e seu Pai celestial (Rm 15.33; Fp 4.7; 1Ts 5.23; Hb 13.20).
(4) “Longanimidade” (gr. makrothumia), i.e., perseverança, paciência, ser tardio para irar-se ou para o desespero (Ef 4.2; 2Tm 3.10; Hb 12.1).
(5) “Benignidade” (gr. chrestotes), i.e., não querer magoar ninguém, nem lhe provocar dor (Ef 4.32; Cl 3.12; 1Pe 2.3).
(6) “Bondade” (gr. agathosune), i.e., zelo pela verdade e pela retidão, e repulsa ao mal; pode ser expressa em atos de bondade (Lc 7.37-50) ou na repreensão e na correção do mal (Mt 21.12,13). (7) “Fé” (gr. pistis), i.e., lealdade constante e inabalável a alguém com quem estamos unidos por promessa, compromisso, fidedignidade e honestidade (Mt 23.23; Rm 3.3; 1Tm 6.12; 2Tm 2.2; 4.7; Tt 2.10).
(8) “Mansidão” (gr. prautes), i.e., moderação, associada à força e à coragem; descreve alguém que pode irar-se com eqüidade quando for necessário, e também humildemente submeter-se quando for preciso (2Tm 2.25; 1Pe 3.15; para a mansidão de Jesus, cf. Mt 11.29 com 23; Mc 3.5; a de Paulo, cf. 2Co 10.1 com 10.4-6; Gl 1.9; a de Moisés, cf. Nm 12.3 com Êx 32.19,20).
(9) “Temperança” (gr. egkrateia), i.e., o controle ou domínio sobre nossos próprios desejos e paixões, inclusive a fidelidade aos votos conjugais; também a pureza (1Co 7.9; Tt 1.8; 2.5).
O ensino final de Paulo sobre o fruto do Espírito é que não há qualquer restrição quanto ao modo de viver aqui indicado. O crente pode — e realmente deve — praticar essas virtudes continuamente. Nunca haverá uma lei que lhes impeça de viver segundo os princípios aqui descritos.

Fonte: BEP

O principe da Paz

Porque um Menino nos nasceu, um Filho se nos deu; o governo está sobre os Seus ombros; e o Seu nome será: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz. Isa. 9:6.
Jesus é muitas vezes chamado o Príncipe da Paz, mas incontáveis guerras têm sido paradoxalmente travadas em Seu nome durante os últimos dois mil anos.Havia uma estrela de prata pendurada na Igreja da Natividade, em Belém, sobre o suposto local do nascimento de Jesus. Visitei essa gruta em 1959, quando participei de uma excursão pelas terras bíblicas. Vi uma estrela feita no chão, sob a manjedoura. Mas não pude ver nenhuma estrela de prata pendurada. Mais tarde fiquei sabendo que havia uma estrela, sim, mas que havia sido removida uns cem anos antes.Em 1853 aquela estrela se havia tornado o foco de uma discussão que causou, em pouco tempo, a Guerra da Criméia. Tudo começou quando um clérigo da Igreja Ortodoxa Oriental decidiu substituir a estrela por uma outra da própria igreja. O clérigo do rito latino discordou. O primeiro era apoiado pela Rússia: o segundo, pela França. Quando a Turquia se colocou ao lado da França, a Rússia foi à guerra contra a Turquia. A França, a Grã-Bretanha e a Sardenha, por sua vez, declararam guerra contra a Rússia. A guerra durou três longos anos e resultou em dezenas de milhares de soldados mortos e feridos. Por fim, os aliados venceram. O lado irônico do fato é que a estrela de prata, o centro da contenda, foi retirada permanentemente dois anos depois da guerra, mas deixou um legado de má vontade que durou muito tempo.Você já parou para pensar por que Cristo tem sido tão freqüentemente ligado à guerra e ao derramamento de sangue, quando Ele é o Príncipe da Paz? Não é Cristo que causa essas guerras. Elas são causadas por indivíduos que professam ser Seus seguidores (ver S. Tiago 4:1 e 2), mas aparentemente nunca experimentaram, e portanto não revelam por suas ações, a paz da qual Jesus é o príncipe (ver S. João 16:33).Esta é a época do ano em que os pensamentos de muitos se voltam para o nascimento do Príncipe da Paz. Que seja também o tempo em que os seus e os meus pensamentos se voltem para Ele. Que Jesus nasça outra vez no seu coração e que você experimente sempre a paz que Ele oferece - a paz "que excede todo o entendimento". Filip. 4:7.

JesusVoltara.com.br

terça-feira

Amar... É fácil.

Esta história é sobre um soldado que finalmente estava voltando para casa, após a terrível guerra do Vietnã. . .

Ele ligou para seus pais, em São Francisco, e lhes disse:

(Filho) - Mãe, Pai, eu estou voltando para casa, mas, eu tenho um favor a lhes pedir.

(Pais) - Claro meu filho (emocionados), peça o que quiser!

(Filho) - Eu tenho um amigo que eu gostaria de trazer comigo.

(Pais) - Claro meu filho, nos adoraríamos conhecê-lo!!!!

(Filho) - Entretanto, há algo que vocês precisam saber, ele fora terrivelmente ferido na última batalha, sendo que ele pisou em uma mina e perdeu um braço e uma perna. O pior é que ele não tem nenhum lugar para onde ir e, por isso, eu quero que ele venha morar conosco.

(Pais) - Eu sinto muito em ouvir isso filho, nós talvez possamos ajudá-lo a encontrar um lugar onde ele possa morar e viver tranqüilamente! (assustados).

(Filho) - Não, mamãe e papai, eu quero que ele venha morar conosco! (emocionado e muito nervoso)

(Pais) - Filho, disse o pai, você não sabe o que está nos pedindo. Alguém com tanta dificuldade, seria um grande fardo para nós.

Nós temos nossas próprias vidas e não podemos deixar que uma coisa como esta interfira em nosso modo de viver. Acho que você deveria voltar para casa e esquecer este rapaz. Ele encontrará uma maneira de viver por si mesmo (constrangidos) Neste momento, o filho bateu o telefone. Os pais não ouviram mais nenhuma palavra dele. Alguns dias depois, no entanto, ele receberam um telefonema da polícia de São Francisco. O filho deles havia morrido depois de ter caído de um prédio. A polícia acreditava em suicídio. Os pais angustiados voaram para São Francisco e foram levados para o necrotério a fim de identificar o corpo do filho. Eles o reconheceram, mas, para o seu horror, descobriram algo que desconheciam: O filho deles tinha apenas um braço e uma perna.

Os pais, nesta história são como muitos de nós. Achamos fácil amar aqueles que são bonitos ou divertidos, mas, não gostamos das pessoas que nos incomodam ou nos fazem sentir desconfortáveis. De preferência, ficamos longe destas e de outras que não são saudáveis, bonitas ou "espertas" como "nós acreditamos que somos". Dou Graças a DEUS por nos enviar Seu Filho Jesus Cristo que não nos trata desta maneira. Alguém que nos ama com um amor incondicional, que nos acolhe dentro de uma só família. Esta noite, antes de nos recolhermos, façamos uma pequena oração para que DEUS nos dê a força que precisamos para aceitar as pessoas como elas são, e ajudar a todos, a compreender aqueles que são diferentes de nós. Há um milagre chamado AMIZADE, que mora em nosso coração. Você não sabe como ele acontece ou quando surge. Mas, você sabe que este sentimento especial aflora e você percebe que a AMIZADE é o presente mais precioso de Deus. Amigos são como jóias raras. Eles fazem você sorrir e lhe encorajam para o sucesso . Eles nos emprestam um ouvido, compartilham uma palavra de incentivo e estão sempre com o coração aberto para nós. Mostre aos seus amigos o quanto você se importa e é grato a eles.

Que Deus abençoe grandemente a todos vocês em nome do Senhor Jesus.
Ronaldo Márcio